Cleverson Marinho Teixeira Advogados Associados

Notícias

Imposto de Renda: saque do FGTS precisa ser declarado

12/04/2018

Prazo para entrega da declaração termina em 30 de abril deste ano. Contribuinte que não pagar imposto está sujeito a multa.

Os brasileiros que foram contemplados com o saque das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) no ano passado devem ficar atentos na hora de preencher a declaração de Imposto de Renda.

De acordo com a presidente do CRCSP (Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo), Marcia Ruz Alcazar, mencionar o ganho é necessário porque ele compõe o valor que os contribuintes receberam no ano passado.

"Os recursos do Fundo de Garantia devem ser declarados na aba de rendimentos isentos e não tributáveis e não pagam imposto, não importa o valor", explica Marcia.

A questão sobre o saque das contas inativas do FGTS foi levantada pelo internauta do R7 Everton Rodrigues e é comum entre os milhões de brasileiros demitidos sem justa causa até 2015 que resgataram o valor.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, 25,9 milhões de trabalhadores receberam R$ 44 bilhões entre os dias 10 de março e 31 de julho do ano passado.

A decisão de liberar a retirada dos recursos das contas inativas do FGTS foi tomada pelo presidente Michel Temer com a intenção de injetar dinheiro e impulsionar a economia nacional.

 

 

 

voltar

CMT

Desenvolvido por In Company